domingo, 12 de abril de 2009

Dez motivos para ficar com um cadeirante

Tem gente que tem preconceito, tem gente que tem curiosidade, e tem até quem tem o fetiche de ficar com deficiente, o tal de devotee (é mole?). Mas não é nenhum bicho de sete cabeças, só de duas. É só esquecer esse negócio de deficiente e ver a pessoa como ela é. Mas para aquelas que ainda tem algum receio, vou listar alguns motivos para ficar, namorar ou transar com um cadeirante.

1º - Quando você estiver cançada, é só sentar no colinho enquanto todo mundo fica de pé;
2º - Pode carregar sua bolsa, blusa, sacolas, e pode servir até como carrinho de supermercado (algumas cadeiras tem até a cestinha);
3º - As mãos ficam numa altura estratégica, conforme a mão direita (não) pode ser vista na foto abaixo;
4º - A boca fica numa altura muuuito estratégica;
5º - O 69 fica bem mais desafiante, emocionante e divertido;
6º - Ele não vai ficar pedindo para ficar por cima;
7º - Ele nunca vai atrapalhar sua visão em um show lotado, e você ainda pode subir em cima dele e utilizá-lo como plataforma (serve também para alcançar lugares altos);
8º - Ele nunca te pegará em flagrante, quando ouvir a cadeira de rodas chegando em casa dá tempo para o Ricardão pular a janela;

9º - Ele jamais vai te dar um pé na bunda;
10º (e mais importante) - Ele não vai (nem pode) correr atrás de mulher.
Portanto, é só ver o lado bom da coisa e sair por aí com seu mamolengo preferido!

17 comentários:

  1. SENSACIONAL!!!
    Vou decorar esses 10 mandamentos!
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Adorei.............muito criativo!!!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Cara. Sensacional seu blog. Muito engraçado. Parabéns

    ResponderExcluir
  4. e ele nao vai "pular" a cerca...

    ResponderExcluir
  5. Ow adorei esse seu post, virei seguidor do seu blog jah....eu tbm tenho um a até robei sua postagem e postei lah...entra nele para conhece-lo....abrass e parabéns pelo seu censo de humor......
    http://kudumundo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Muito bacana teu blog. Vou pensar se coloco em prática essas dicas! he he he....deve ter um bonito perdido por aí! :)

    ResponderExcluir
  7. no caso, aqui em belém né! :hehehee

    ResponderExcluir
  8. Obrigado pelos comments pessoal! Gostei do pular a cerca, mais um motivo. Jô, põe em prática que vale a pena!
    Abraços a todos!!

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    vim parar aqui através de um link no Ueba (os melhores links da web) e acabei lendo o blog todo. Adorei... ri demais com as 10 dicas. Também tenho uma deficiencia - não essa, outra - e adoro me deparar com leituras bem humoradas sobre o tema. Já que chorar não adianta nada mesmo, rir é o melhor remédio!!
    Só não concordo com a penúltima dica. O cara pode não dar, literalmente, o pé na bunda, mas sempre pode baixar o jornalista iraniano e te dar uma sapatada hihihih
    Beijos
    Lak

    ResponderExcluir
  10. Oi Alessandro tudo bem?
    Adorei seu blog :) ... e principalmente você.
    Criativo e inteligente.
    Tenha um ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  11. cara sou cadeirante ,de maais agora qndo ela dizer um mmotivo para nao ficar cmg ,digo 10 pra ela ficar mto bom,vlw rssssrssssr

    ResponderExcluir
  12. Que grande saudade docê Rapaz!! Depois de ver seu blog me senti mais perto e feliz de ver que seu humor continua grande como você! A mensagem é curta mas a saudade é eeenooormeee. Beijos Waninha do Harém das Buulinhas Viçosa

    ResponderExcluir
  13. OIE parabéns precisamos de pessoas assim como vc com sesso de humor, pra tratar de problemas tão difíceis e discriminados de maineira mais sófiti e o mais :
    normal possivel abraço

    ResponderExcluir
  14. Os deficientes ñ deve ser tratado com deboche e sim com respeito assim como tratamos os normais, somos todos iguais acredito eu, todo ser humano tem o direito de ser feliz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tonim,
      Quem escreveu essa postagem também É DEFICIENTE - no caso, cadeirante! ;-) Assim sendo, o autor não está debochando de forma alguma de pessoas assim. Muito pelo contrário: ele está fazendo piadas de pessoas COMO ELE, retratando de forma bem-humorada situações do cotidiano (que, na realidade, não é nada fácil) de cadeirantes! Manjô? ;-)

      Assim sendo, em vez de ele ficar só lamuriando o acidente que ocorreu com ele, ele tenta tratar sua condição com bom humor, de uma forma leve e descontraída - a fim de espantar os pensamentos alheios de "pena", de "coitadinho", etc. Ok? ;-)

      Abraços!

      Excluir
    2. Muito obrigado pelas palavras, está coberta de razão, eu não teria escrito em melhores termos! É isso aí, bom humor contra preconceito! Abraços

      Excluir
  15. Tonim disse...
    Os deficientes ñ deve ser tratado com deboche e sim com respeito assim como tratamos os normais, somos todos iguais acredito eu, todo ser humano tem o direito de ser feliz

    KKKKKKKKKKKKKKKKK MEU NA BOA VAI TRANSAR,Q FALTA DE SEXO DEIXA AS PESSOAS DE MAU HUMOR *-*

    ResponderExcluir